Curadoria – módulos anteriores

“DA CONCEPÇÃO À EXECUÇÃO” – PROCESSO DE ELABORAÇÃO E MONTAGEM DE EXPOSIÇÕES
Por meio da integração de três campos de estudo: pesquisa, curadoria e expografia, o programa oferece aos alunos um exercício conceitual e prático do processo de elaboração e montagem de uma mostra de arte contemporânea, que terá como resultado final a realização da exposição de trabalhos dos artistas que participaram do Programa “Imersões Poéticas”, edição 2016, e que integrará a programação da Casa França-Brasil, em 2017.

O curso será composto de 14 encontros, entre reuniões coletivas, com os três professores, e encontros dos grupos de trabalho específicos, permitindo ao participante a escolha do campo de estudo e da modalidade de atuação no projeto, assim como a experiência de todo o processo.

Os encontros serão às terças, quartas e quintas-feiras (18-20h30), iniciando em 10 de janeiro e concluindo em 07 de março de 2017, com a inauguração da exposição.

Cronograma:
10, 11 e 12/jan – Encontro coletivo
Curadoria // 3ª feira – 17, 24 e 31 jan e 07 e 14 fev
Pesquisa // 4ª feira – 18 e 25 jan e 01, 08 e 15 fev
Expografia // 5ª feira – 19 e 26 jan e 02, 09 e 16 de fev
21,22 e 23/fev Encontros coletivos – Finalização do projeto
(pausa – Carnaval)
02, 03, 06 /mar – Encontros coletivos – Montagem da Exposição
07 de março – Inauguração da exposição

 

Curadoria
O curso objetiva proporcionar aos participantes um espaço de discussão e reflexão conceitual para construção de projetos curatoriais em consonância com conhecimentos de seus sistemas e atividades de apoio, como programas educativos, design expositivo e coleções. Nesta proposta, os participantes vivenciarão todas as etapas até a inauguração de uma Mostra, criando coletivamente as propostas curatoriais da exposição de trabalhos dos artistas que participaram do Programa “Imersões Poéticas”, edição 2016.

Marcelo Campos é doutor em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBA/UFRJ); professor adjunto do Departamento de Teoria e História da Arte e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Artes do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); e professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. É autor dos livros: Um canto, dois sertões: Bispo do Rosário e os 90 anos da Colônia Juliano Moreira (Rio de Janeiro: Azougue, 2016) e Emmanuel Nassar: engenharia cabocla (Niterói: Museu de Arte Contemporânea de Niterói, 2010). Foi curador, entre outras, das exposições: Efrain Almeida: Uma Pausa em Pleno Voo (Paço Imperial, Rio de Janeiro; e Centro Cultural do Banco do Nordeste, Fortaleza, 2015- 2016); Um Canto, Dois Sertões: Bispo do Rosário e os 90 Anos da Colônia Juliano Moreira (Museu Bispo do Rosário de Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, 2015); e Vestígios de Brasilidade (Santander Cultural, Recife, 2011). Foi ainda cocurador, entre outras, da exposição Tarsila e Mulheres Modernas no Rio (Museu de Arte do Rio [MAR], Rio de Janeiro, 2015), junto com Paulo Herkenhoff, Hecilda Fadel e Nataraj Trinta.

 

Pesquisa
O curso discutirá a natureza do trabalho de pesquisa e sua contribuição em mostras de arte contemporânea. Inseridos no processo de concepção e montagem, os participantes desenvolverão ferramentas para a elaboração dos conteúdos de apoio da exposição, tais como resumos biográficos, entrevistas e linha do tempo das linguagens/obras apresentadas na mostra. Trabalhando em conjunto com as equipes de curadoria e expografia, os alunos também participarão da definição dos formatos finais desses conteúdos na exposição.

Ileana Pradilla Cerón é mestre em História Social da Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), com especialização em História da Arte e Arquitetura no Brasil, também pela PUC-Rio. É pesquisadora-sênior do Instituto Moreira Salles (IMS-Rio) e fundadora da Plural, Comunicação Memória & Cultura,  empresa voltada para a pesquisa de conteúdo, pesquisa iconográfica e audiovisual.  Foi Diretora da Divisão de Artes Visuais do Instituto Municipal de Arte e Cultura (Rioarte) e Professora Visitante na cadeira de  Historiografia da Arte I, no Instituto de Artes (UERJ). É co-autora da Coleção Palavra do Artista, livros de entrevistas com artistas plásticos contemporâneos brasileiros (CAHO, Rio de Janeiro: 1998). Autora de cronologias de artistas plásticos publicadas em livros e catálogos de exposições, entre as quais Antonio Dias (Antonio Dias. São Paulo: APC / Cosac Naify/ DAP, 2016); Vik Muniz (Vik Muniz. Vilha Velha: Museu Vale do Rio Doce, Outubro de 2015) Marcos Chaves (Marcos Chaves. Paisagens Não Vistas Catálogo da exposição homônima no MAR- Museu de Arte do Rio, março de 2015);  Ângelo Venosa (Angelo Venosa: A febre da Matéria, São Paulo: Cosac & Naify, 2013) e Milton Dacosta (“Milton Dacosta – O rigor do Silêncio”. Milton Dacosta. Rio de Janeiro: Silvia Roesler editora, 2005

 

Expografia

O curso de expografia tem como objetivo apresentar de maneira pratica e objetiva, todo o percurso para uma montagem de exposição. Nele serão discutidos os conceitos de espaço, serão apresentados os vários suportes museograficos e orientação de sua execução, além de estudos de casos e exercícios práticos na elaboração de um projeto museografico com seus diversos processos e a montagem final. Será dividido em aulas explicativas e de orientação, e aulas práticas para a execução do projeto.

Leila Scaf Rodrigues é arquiteta, formada pela Universidade Santa Ursula, em 1977. Associada da LSR arquitetura ltda, realizou vários trabalhos de expografia em Museus e Espaços Culturais, tais como Museu Nacional de Belas Artes, RJ, MAM RJ, MAM SP, Museu de Arte do Rio,RJ, Instituto Tomie Otake, SP, entre outros.

 

Matrículas:
As matrículas serão recebidas na Casa França-Brasil.
Investimento pelo Programa: R$800,00
Forma de pagamento: dinheiro ou cheque
Descontos:  Estudantes, professores, funcionários da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e funcionários de instituições culturais pagam R$600,00 pelo Programa.

 

OFICINA DE PROJETOS: ARTE E CURADORIA, COM MARCELO CAMPOS
A proposta do curso é estimular e analisar a construção de projetos curatoriais. Entende-se que a curadoria se faz com a pesquisa, o que configura a necessidade de observação ampliada no foco de interesse, na procedência de propostas artísticas, nas especificidades do local a ser ocupado, da história que será abordada. Além do exposto, a história das exposições configurou capítulos fundamentais na relação entre instituição-evento-educação. Cada aluno será estimulado a criar e trazer para o debate as propostas curatoriais.

Período:
Sáb, 10h-13h
12 Nov – 17 Dez

 

CURADORIA E CONSTRUÇÃO DO TEXTO CRÍTICO NO BRASIL , COM MARCELO CAMPOS
(crônicas, cartas, poesias, teses acadêmicas, textos de exposição)
 A proposta deste curso é discutir a curadoria em suas exteriorizações críticas. O texto e a escrita curatoriais remontam, no Brasil, à construção de pensamentos pautados pela literatura nacional. Como gênero literário próximo às crônicas de costume, a análise sobre artistas, obras e sociedade configurou o início da reflexão a qual, hoje, denominamos critica de arte. Em fins do século XIX, o texto critico, em outro sentido, se imiscuía às análises da sociedade. Com a proximidade entre artistas e literatos, o texto se torna uma critica amante, configurando cartas, poemas que, em muitas ocasiões, faziam as vezes de bilhetes de recomendação dos formadores de opinião para auxiliar os artistas na conquista de trabalho e posição junto ao sistema de arte. Na esteira da idéia de uma arte autônoma, distante dos vínculos socioculturais, o texto critico é atravessado por outros saberes, como a filosofia e a própria história da arte. Hoje, com o recrudescimento dos programas de pós-graduação no Brasil, as teses acadêmicas enriquecem essa trajetória, adensando a linguagem, mas, em alguns casos, desenhando fronteiras para especialistas. O texto de exposição é, sem dúvida, o mais recorrente na construção critica da arte no Brasil, desvalorizado nas comprovações curriculares, perdido e limitado nos folhetos e catálogos. Configuramos, assim, um curso como uma oficina de pesquisa, leitura e produção de textos.

Período:
Sáb, 10h-13h
01 Out – 05 Nov

 

O LUGAR DA PESQUISA EM PROJETOS ARTÍSTICOS E CULTURAIS, COM ILEANA PRADILLA
 O curso discutirá o lugar e as possibilidades da atividade de pesquisa  em projetos artísticos e culturais, tais como exposições, livros e filmes, com ênfase nas artes visuais. Em seis encontros, serão analisadas as relações entre o pesquisador e os diversos agentes envolvidos na conceituação e execução dos projetos, como curadores, editores, diretores e produtores. Partindo da compreensão da pesquisa enquanto atividade criativa, o curso  abordará processos, metodologias e especificidades do trabalho, de acordo com a natureza dos projetos, e apresentará ainda um cenário sobre as principais fontes disponíveis para o pesquisador, no Rio de Janeiro.

Período:
Sáb, 14h-17h
01 Out –  05 Nov

 

EXPOGRAFIA, COM LEILA SCAFF
O objetivo do  curso é apresentar,  de maneira pratica e objetiva,  as etapas e processos envolvidos na montagem de uma exposição. Será dividido em 6 aulas, contemplando os seguintes itens: conceitos espaciais;  suportes museográficos; estudos de casos e exercícios práticos. A abordagem de diferentes contextos expositivos  será utilizada para a  compreensão dos principais e diversos processos para a produção de uma exposição.

Período:
6ª feira, 14h-16h
09 Set – 14 Out

 

CURADORIA, COM MARCELO CAMPOS
A proposta do curso é discutir em seis encontros os conceitos relativos ao exercício da curadoria. Para tanto, o assunto central, a curadoria, será dividido em seis tempos de reflexão: concepção, pesquisa, lista de obras, expografia, textos críticos, material gráfico. O objetivo geral é apresentar a atividade curatorial em torno das criações artísticas e do desenho compartilhado entre arte, história, critica, instituição e curadoria. Partiremos da idéia de que criar uma exposição é uma atividade, eminentemente, de pesquisa. E que podemos, hoje, contar a história da arte a partir de mostras emblemáticas.

Período:
5 – 21 Jul