Antropologia da arte – módulos anteriores

Programa de cursos que objetiva ativar a área denominada Antropologia da Arte. Serão módulos que trarão convidados para apresentar e discutir a formação do campo, seus principais autores e as relações com outras linguagens.

 

HISTORIA, ARTE E AFROBRASILIDADE, COM MARCELO CAMPOS
 Estimulado pela exposição ORIXÁS, a proposta do curso, com oito encontros, é percorrer os itinerários de obras, teorias, críticas e exposições que colocaram a afrobrasilidade como questão central. Com isso, serão elencados artistas, intelectuais e grupos, misturando as perspectivas êmicas (vistas desde dentro) e éticas (vistas desde fora), na compreensão do que podemos nomear: arte afrobrasileira. O século XX foi marcado por compreensões necessárias, mas problemáticas, ao criar conceitos generalistas que acabaram por alimentar preconceitos, tais como raça, povo, mestiçagem. Neste sentido, as representações de práticas culturais advindas do contato ou do imaginário sobre a África percorreram a cultura material, a arte, a música. O caráter documental, ora aceito, ora refutado, se fez sentir em fotografias diretamente registradas em trabalhos de campo ou na extensa literatura sobre os objetos e os ritos. Hoje, os itinerários continuam sendo percorridos em produções, onde performances, rituais e objetos tratam, agora, de modo ficcional nossas relações com a ancestralidade.

Período:
2ª e 5ª feira, das 18h30 às 20h30
17 Nov – 19 Dez

 

ANTROPOLOGIA DA ARTE: PERFORMANCE E AUTORREPRESENTAÇÃO, COM ALEXANDRE SÁ E LEONARDO BERTOLOSSI
O curso propõe discutir entre teorias e poéticas artísticas a relação entre auto-representação e performance nas artes visuais e nas ciências sociais. Os conceitos de performance/performatividade/agência;  a vida social como um teatro; estigmas e estereótipos; o show do eu na era do espetáculo; a profusão de identidades à venda e a antropofagia zumbi; o eu angustiado e cínico entre o espelho e a máscara; a rostidade e o corpo templo; o eu cindido e o outro-eu; os poros e os fractais em Freud e na Melanésia; e as normatividades e as descolonizações, serão alguns dos eixos de discussão em seis encontros.

Período:
Sáb, 9h – 12h
05 nov – 10 dez

 

ANTROPOLOGIA DA ARTE: DIÁLOGOS FOTOGRÁFICOS, COM BARBARA COPQUE 
Participação de Luiza Baldan

O curso irá mostrar a relação entre a antropologia, a fotografia e a arte. Através de eixos temáticos, e do desenvolvimento de um projeto prático, discutiremos os seguintes temas: a antropologia visual, as perspectivas antropológicas (contemporâneas) para o uso e análise da fotografia, etnografias visuais, além de abordagens/percursos/poéticas artísticas.

Período:
2ª e 5ª das 18h30 às 20h30
03 – 27 de out

 

ANTROPOLOGIA DA ARTE: COLONIALISMO E REFLEXIVIDADE, COM MARCELO CAMPOS E MARCOS ALBUQUERQUE
A proposta do curso é discutir em oito encontros os temas e conceitos pertinentes a formação do campo da Antropologia da Arte. Haverá o adensamento da relação entre o processo colonial e a formação deste campo disciplinar. Para tanto o curso se desenvolverá entre os seguintes temas: traços históricos-teóricos da formação do campo da antropologia da arte; as relações da antropologia com o surrealismo; imagens-discursos de legitimação do colonialismo; a formação de acervos e patrimônios nacionais (museus). E, por fim, autorrepresentação e contra discursos a partir da antropologia da performance.

Período:
3ª e 6ª feira, das 18h30 às 20h30
06 – 30 Set